PREVALÊNCIA DA COLONIZAÇÃO NASAL E RELAÇÃO CLONAL DE Staphylococcus aureus EM GESTANTES ATENDIDAS NA MATERNIDADE DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTÔNIO DE MORAES (HUCAM)

Resumo: No Brasil e no mundo, o Staphylococcus aureus é o patógeno mais frequentemente associado a casos de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS). Este patógeno possui uma versatilidade em gerar infecções e doenças com os mais diversos níveis de gravidade, e isto se deve a capacidade de produção dos mais variados fatores de virulência. Este estudo tem como objetivo investigar a prevalência da colonização nasal e a relação clonal de amostras de S. aureus em gestantes atendidas na maternidade do Hospital Universitário Cassiano Antônio de Moraes (HUCAM). Serão coletadas informações demográficas e amostras de swab nasal na admissão das pacientes para detecção de S. aureus. Após as coletas, as amostras serão encaminhadas ao Laboratório de Biologia Molecular e Virulência Bacteriana (LABCAS) do Departamento de Patologia do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Universidade Federal do Espírito. Para a identificação da espécie e da resistência à meticilina será realizada a técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR). Para análise clonal das amostras será utilizada a técnica de fragmentação do cromossomo bacteriano com enzima de restrição e separação por eletroforese em gel de agarose (PFGE

Data de início: 2018-03-01
Prazo (meses): 48

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Ricardo Pinto Schuenck
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Bonfim, Vitória - ES | CEP 29047-105